sexta-feira, 25 de novembro de 2016

BNDES quer privatizar loteria das “raspadinhas”

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) publicou hoje (25) um edital para escolher as empresas que farão os estudos necessários à privatização da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex). As loterias instantâneas são as chamadas “raspadinhas”, que são controladas pela Caixa Instantânea S.A., subsidiária do banco federal Caixa.

Serão contratados dois serviços. O primeiro prevê a realização de uma análise do marco regulatório do setor, a elaboração de um plano de negócios e a avaliação econômico-financeira da Caixa Instantânea e da Lotex. Além disso, a empresa vencedora terá que fazer uma modelagem da privatização, o mapeamento de potenciais investidores e a realização de roadshows. O valor do contrato está estimado em R$ 6,8 milhões.

Já o segundo serviço prevê uma nova avaliação da Caixa Instantânea e da Lotex, com valor de contrato estimado de R$ 1,5 milhão. De acordo com o BNDES, no ano mais rentável das raspadinhas, em 2014, a Caixa arrecadou R$ 191,5 milhões. O edital pode ser acessado no site do BNDES.