terça-feira, 29 de novembro de 2016

Moro quer estudar nos EUA após o fim de sua participação na Lava Jato


O juiz Sergio Moro pretende se licenciar da 13ª Vara Federal de Curitiba para uma temporada de estudos nos EUA.

O juiz não deve, no entanto, se afastar do trabalho antes do término da Operação Lava Jato, segundo interlocutores. Ele estaria planejando a viagem para o fim de 2018 ou o começo de 2019.

Há alguns dias, Moro pediu também afastamento da UFPR (Universidade Federal do Paraná), onde dá aulas de direito processual penal.

A informação foi confirmada à coluna pela secretária do departamento de ciências jurídicas da instituição, que, no entanto, não informou as razões do juiz para o pleito.

Questionado, Moro disse, por meio da assessoria de imprensa, que de fato pediu licença da universidade, mas que a iniciativa não está relacionada com eventuais estudos fora do país.

Ele pretenderia se afastar, segundo integrantes da UFPR, para se dedicar exclusivamente à Lava Jato na fase final dos processos.

O comando da 13ª Vara Federal de Curitiba pode ser assumido pela juíza federal Gabriela Hardt caso Moro venha mesmo, no futuro, a se afastar do cargo.