quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Morte de Freddie Mercury completa 25 anos


Nesta quinta-feira (24), a morte de um dos ícones da cultura pop, o lendário cantor Freddie Mercury, completa 25 anos. Famoso por suas performances cheias de energia e por sua presença cativante no palco, o vocalista do Queen faleceu em 1991, aos 45 anos, de broncopneumonia em consequência do vírus da Aids. A morte prematura de Freddie fez dele um mito. Portador do vírus HIV desde 1985, o cantor, que viveu sua homossexualidade de forma privada, assumiu publicamente a doença apenas horas antes de falecer.

Nascido em 5 de setembro de 1946, em Zanzibar, na Tanzânia, Freddie se mudou aos oito anos para Bombaim (Mumbai), na Índia, onde conheceu Brian May, Roger Taylor e John Deacon, que deram origem a uma da maiores bandas de todos os tempos, o Queen.

Em 1970, o grupo se apresentou pela primeira vez, mas lançou seu primeiro álbum apenas em 1973. O sucesso aconteceu em 1975, com “A night at the opera” e o hit “Bohemian rhapsody”. O disco quebrou recordes e fez o grupo se firmar no mundo do rock’n’roll.

Em março de 1981, o Queen esteve no Brasil pela primeira vez e se apresentou no estádio do Morumbi para mais de 120 mil fãs. A banda voltou ao país em 1985 para participar do Rock in Rio. Milhares de fãs cantaram “Love of my life” à capela em meio à chuva e à lama, momento que se tornou épico. Um ano antes, em 1984, o grupo se apresentou no Festival de Sanremo, na Itália, com a música “Radio Ga Ga”.