terça-feira, 1 de novembro de 2016

N terá mais de 900 casos de câncer de próstata até o final do ano, diz Inca


G1 RN – O Rio Grande do Norte deve chegar ao final do ano com 930 casos registrados de câncer de próstata, o que representa uma taxa de 57,8 casos para cada grupo de 100 mil habitantes. No Nordeste, o estado fica atrás apenas de Pernambuco (61,73) e Sergipe (58,48). Em Natal, capital potiguar, a situação é ainda mais preocupante: a estimativa é de 240 casos, com uma taxa de 59,77. Os dados são do Instituto Nacional do Câncer (Inca), que anualmente faz uma projeção sobre os casos de câncer no país.

Ainda segundo o Inca, mais de 61 mil novos casos de câncer de próstata serão diagnosticados no Brasil em 2016. Por ano, são mais de 13 mil mortes: uma a cada 40 minutos. Nesse contexto, anualmente é realizada no mês de novembro, a campanha Novembro Azul, cujo objetivo é orientar os homens sobre a importância de se fazer exames preventivos.

“O diagnóstico precoce do câncer de próstata aumenta em 90% a chance de cura. Em geral, a partir dos 50 anos de idade, o homem deve fazer uma consulta. Quando existem fatores de risco, a recomendação é realizar a consulta um pouco antes, com 45 anos”, ressalta o urologista Ângelo Campos.