quinta-feira, 24 de novembro de 2016

O clero é rico de dinheiro e de soberba, diz Papa Francisco


Ao discursar nesta quinta-feira (24), no Vaticano, para delegações de jesuítas de todo o mundo, o papa Francisco criticou o clero e disse que ele é “rico” não apenas de “dinheiro”, mas também de “soberba”. O discurso se deu durante evento,da 36ª Congregação dos Jesuítas, quando o Sumo Pontífice discursou para os presentes. As informações são da Agência italiana ANSA.

“O clericalismo é rico. E se não é rico de dinheiro, o é de soberba. Mas é rico, tem um apego às posses. Ele não se deixa ser criado pela mãe pobreza, não deixa que protejam o muro da pobreza. O clericalismo é uma das piores formas de riqueza pelas quais a Igreja é acometida, ao menos em alguns lugares da Igreja e mesmo nas experiências mais cotidianas”, afirmou o papa Jorge Mario Bergoglio.

O religioso argentino – que foi o primeiro jesuíta a ser eleito Papa – também disse que “as críticas” feitas à Companhia de Jesus e a ele são “têm um sabor de tipo restauracionista. Vale a pena dizer que são críticas que desejam uma restauração. Por detrás da críticas, há este tipo de pensamento”, afirmou.