quinta-feira, 10 de novembro de 2016

RN: Saúde em “estado de calamidade”


Entrevistado no começo da tarde desta quinta-feira (10), no Jornal do Dia da TV Ponta Negra, o secretário estadual de saúde, Goeorge Antunes disse que a situação daquele setor é bastante difícil, por conta da falta de recursos.

Antunes afirmou que só com os recursos do Ministério da Saúde não está dando para gerir o setor.

O secretário afirmou já ter asseverado a Secretaria do Planejamento do Estado, a necessidade da destinação de mais recursos para a saúde.

Neste ano, a cada mês, os recursos destinados à saúde pelo Estado, que eram R$ 15 milhões, estão a menor R$ 6 milhões. “Quase estado de calamidade pública”, afirmou.

Segundo George Antunes seriam necessários R$ 25 milhões mensais para atender a saúde estadual.