quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Síndrome causada pelo mosquito da dengue pode matar em 24 horas


A Síndrome do Choque da Dengue, uma das mais severas manifestações do vírus causador da doença, caracterizada pela queda da pressão arterial, pode resultar em sequelas irreversíveis, levando os pacientes à morte em 24 horas, se não for diagnosticada e tratada imediatamente. O alerta foi feito nessa quarta-feira (16), pela infectologista Kelly Oliveira. De acordo com a médica, embora seja pouco divulgada, a infecção, que tem como principal vetor de transmissão o mosquito Aedes aegypti , é mais grave do que a dengue hemorrágica.

O tratamento indicado pela infectologista, nos casos da Síndrome do Choque da Dengue é hidratação e transfusão de sangue, em UTI, da na rede hospitalar. A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no Brasil. Atualmente, circulam no Brasil os quatro tipos de vírus. Somente no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde confirmou 19.631 casos da doença, do início do ano até agora.