quinta-feira, 17 de novembro de 2016


Triste de ver e ler estudantes de Comunicação Social e jornalistas atuantes, Brasil afora, vibrando com agressões físicas e ameças sofridas ontem no Rio de Janeiro, pelo repórter Caco Barcellos da Rede Globo de Televisão.

É muita ignorância, incultura e estupidez reunidas.

Patético como essa gente consegue chegar a tal nível de miopia.

Ajudo-os, mesmo sabendo que não tem valor algum pensar diferente, com depoimento do escritor Marcelo Rubens Paiva, que teve pai deputado morto durante o Regime Militar:

- Chamar o Caco Barcellos de golpista… Não sabem que foi dos repórteres que mais incomodou a ditadura militar e a PM assassina. Erram o alvo!

Nota do Blog – Pai, perdoa…!!!

Essa gente não sabe o que faz nem o que diz. São os democratas da opinião única, que têm pavor do contraditório e detestam tudo aquilo que não seja exatamente o que repetem por orientação alheia.

Apoiar e defender agressão a um colega de profissão é realmente demais!

Meu sentimento é de compaixão de quem pensa e age assim, mesmas pessoas que aplaudem fechamento de rádios, jornais, TV´s etc.! Analfabetos políticos.