ABC quebra sequência negativa e vence Xavante, mas segue em penúltimo - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

26/07/2017

ABC quebra sequência negativa e vence Xavante, mas segue em penúltimo


O ABC venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0 no Frasqueirão, nesta terça-feira (25), e encerrou a série de oito derrotas que acumulava na Série B. O único gol da partida foi marcado pelo meia Gegê, de cabeça, no final do primeiro tempo, em cruzamento de Bocão pela direita. O resultado levou o Alvinegro aos 15 pontos, mas não tirou a equipe da penúltima posição da competição. O jogo marcou a estreia do técnico Márcio Fernandes no comando do timepotiguar. O Brasil segue com 20 pontos, na 15ª posição, ainda ameaçado pela proximidade com a zona do rebaixamento.

A última vitória do ABC na Série B havia sido diante do Goiás, por 2 a 1, no Serra Dourada, em jogo válido pela oitava rodada, no dia 16 de junho. Depois, o time alvinegro teve uma sequência de oito derrotas consecutivas e despencou para a zona de rebaixamento.

O próximo compromisso do ABC na luta contra o rebaixamento será diante do Oeste, na Arena Barueri, na próxima terça-feira, às 20h30. O Brasil de Pelotas recebe o Boa Esporte no Estádio Bento de Freitas, também na terça-feira, às 19h15.

A primeira etapa de jogo mostrou duas propostas diferentes em campo. O ABC tomou a iniciativa da partida. Sob o comando do novo técnico Márcio Fernandes, o Alvinegro conseguiu ter mais posse de bola, mas criou principalmente com chutes de fora de área de Dalberto e numa cobrança de falta de Gegê no início do jogo. O Brasil de Pelotas esperava o ABC no campo de defesa e tentava definir o jogo nos contra-ataques, o que foi pouco efetivo, tanto é que o goleiro Edson, do Alvinegro, foi um espectador da primeira etapa e pouco participou do jogo. Por alguns momentos, a partida ficou feia por conta das disputas de bola no meio-campo e os erros de passe. Mas a produção do ABC foi recompensada no final da primeira etapa, quando após lançamento longo da defesa, Bocão dominou e cruzou para Gegê, de cabeça, abrir o placar.

Apesar de estar à frente do placar, o ABC seguiu com a iniciativa da partida e achava mais brechas na defesa do Brasil de Pelotas. O time do Rio Grande do Sul passou a jogar mais no ataque, se expôs mais na defesa, mas teve pouca criatividade com a bola nos pés para quebrar a linha de defesa do Alvinegro. Sem conseguir infiltrações, o time buscava em lances individuais. Gegê conseguiu criar uma boa chance para o Alvinegro em chute de fora da área que Marcelo Pitol defendeu bem. No lance seguinte, em uma das raras falhas da defesa do Alvinegro, Juninho saiu na cara de Edson, que fez uma grande defesa para garantir o resultado para o time de Natal.