Governo do Estado lança plano integrado de combate às drogas - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

08/07/2017

Governo do Estado lança plano integrado de combate às drogas


“O combate às drogas não é responsabilidade apenas das equipes de segurança”. A declaração é da secretária estadual adjunta de Trabalho e Assistência Social, Maira Almeida, ao destacar a importância de se trabalhar a questão de forma integrada.

E foi pensando dessa maneira que o Governo do Estado lançou, na última quarta-feira, 5, o Plano Estadual de Políticas sobre Drogas. O plano visa trabalhar o combate às drogas articulando diferentes segmentos sociais, como a educação, o esporte e a saúde.

De acordo com a secretária, a ideia do plano não é tratar apenas a questão ostensiva, que é muito importante, mas também promover ações complementares visando atingir os vários eixos do problema.

Segundo ela, o principal desafio no combate às drogas é a prevenção, o que é uma questão de caráter social, não apenas policial. “O tema é complexo, pois se engana quem pensa que a droga atinge apenas as classes menos favorecidas. Hoje, a droga permeia todos os espaços e qualquer um pode estar vulnerável”, alertou.

Além da prevenção, a secretária destaca ainda uma atenção especial às crianças e aos jovens. Ele informa que cada vez mais crianças e adolescentes tem sido vítimas das drogas e que a faixa etária tem diminuído assustadoramente.

“É necessário ocupar os jovens. O mercado de trabalho precisa estar preparado para absorver esses adolescentes, dando uma orientação, uma ocupação”, observou.

A secretária afirma que este é o cerne do plano, o trabalho integrado. Ela conta que o documento foi elaborado pelo Comitê Gestor Estadual de Políticas sobre Drogas formado por várias secretarias e órgãos do Estado. O grupo foi instituído pelo governo em razão do projeto “Transformando Destinos” em parceria com o MP/RN.

O trabalho acontece de uma maneira diferenciada e sistemática, atuando na prevenção, tratamento e repressão. Para efetivar a parceria, foram assinados termos de cooperação entre o Governo do Estado e o MP/RN para a implantação do plano.

Além dos trabalhos envolvendo as áreas do esporte, da educação e da saúde, Maira Almeida diz que outros dois eixos importantes também foram contemplados no plano, as ações integradas e o monitoramento.

Como exemplos de ação integrada ela cita os programas Vila e Ronda Cidadã, voltados para a integração entre as equipes de segurança e a população, fazendo com que ela se sinta ouvida mais de perto.

Já sobre o monitoramento ela observa que é a uma das peças fundamentais, justamente por permitir o conhecimento do andamento do plano e quais frentes estão sendo trabalhadas em cada município, permitindo a eles pensar ações dentro dos seus territórios.

A secretária valia que o principal desafio do plano é garantir a sua continuidade o cumprimento de seus prazos. Segundo ela, existem algumas metas que são constantes, mas outras possuem prazos que esbarram muitos vezes em questões burocráticas que impossibilitam uma maior celeridade.

“Ações na área da prevenção são podem ser pontuais, elas tem que ser de caráter contínuo. O desafio é dar celeridade a elas”, pontuou.

De acordo com Robinson Faria, o plano possui metas que devem ser atingidas em curto, médio e longo prazo. “A luta contra as drogas é cotidiana, mas é possível vencer. Para isso, estamos articulando ações juntamente com as secretarias e unindo as áreas necessárias para o enfrentamento do problema. Para investir em segurança, também precisamos oferecer ações de lazer, saúde, educação e esporte, e isso está incluído no plano”, afirmou o governador.

Robinson também destacou que “O plano reforça o nosso compromisso com a segurança pública, já que as drogas são hoje uma das principais causas do aumento da violência”.