Seul confirma que míssil testado por Pyongyang pode atingir EUA - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

05/07/2017

Seul confirma que míssil testado por Pyongyang pode atingir EUA


O Ministério da Defesa da Coreia do Sul confirmou nesta quarta-feira, 05, que o projétil lançado na véspera pela Coreia do Norte era um míssil balístico intercontinental (ICBM), o que representa um grande avanço armamentístico para Pyongyang, já que poderia atingir o território americano.

A conclusão do Ministério de Defesa sul-coreano é que se trata de um ICBM com capacidade para percorrer entre 7 mil e 8 mil quilômetros e viria a ser uma versão melhorada do Hwasong-12, que tem alcance médio, disse um porta-voz da pasta.

O secretário de Estado americano, Rex Tillerson, havia confirmado na terça-feira que se tratava do teste de um míssil balístico intercontinental. “Os EUA condenam fortemente o lançamento pela Coreia do Norte de um míssil balístico intercontinental. Testar um ICBM representa uma nova escalada na ameaça aos EUA, aos nossos aliados e parceiros, à região e ao mundo.”

O secretário acrescentou que Washington “nunca aceitará uma Coreia do Norte armada com aparato nuclear”, e qualificou o governo de Pyongyang de “regime perigoso”.

Ainda nesta quarta-feira, EUA e Coreia do Sul realizaram disparos de mísseis durante um exercício que simulava um ataque de precisão contra a liderança norte-coreana.

Os dois mísseis atingiram um alvo hipotético, “demonstrando a capacidade de bombardeio de precisão contra o quartel-general do inimigo em um momento de emergência”.

O presidente sul-coreano, Moon Jae-In, destacou que a “grave provocação exigia uma reação com algo mais que uma mera declaração”. Ele advertiu que há uma “linha vermelha” que a Coreia do Norte não deve ultrapassar.

Na terça-feira, Pyongyang lançou com sucesso um míssil balístico intercontinental (ICBM) capaz de carregar uma “carga grande e pesada”, segundo a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA.

Depois de supervisionar o lançamento pessoalmente, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, disse que “os bastardos americanos não vão ficar muito contentes com esse presente enviado pelo aniversário de 4 de Julho”.

Segundo Pyongyang, o Hwasong-14 alcançou 2.802 quilômetros de altura e percorreu 933 quilômetros em 39 minutos até cair em águas do Mar do Japão / Mar do Leste. Além disso, de acordo com analistas, ele seria capaz de atingir o Alasca.