América-RN irá processar torcedores que depredaram Arena das Dunas - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

15/08/2017

América-RN irá processar torcedores que depredaram Arena das Dunas


América-RN irá processar os torcedores que depredaram a Arena das Dunas após o empate por 1 a 1 com a Juazeirense, que eliminou o Alvirrubro da Série D do Campeonato Brasileiro, no domingo. A informação foi confirmada pelo vice-presidente de futebol do clube, Eduardo Rocha, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

- Não vai ficar barato. O América-RN vai processá-los, já falamos com o nosso jurídico. Processá-los no bolso, que é onde dói mais. E acho que as autoridades deveriam afastar essas pessoas por pelo menos cinco anos de comparecer ao estádio. Ou se toma providências ou nós vamos ver campear esse tipo de violência desnecessária. Qual a culpa que tem um sanitário, qual a culpa que tem um banheiro por um insucesso futebolístico? Nenhuma - destacou.

O dirigente explicou ainda que o clube terá que arcar com os prejuízos por tudo que foi quebrado pelo grupo de torcedores. O dirigente disse, no entanto, que o América-RN não foi informado do valor do prejuízo ainda. Nesta segunda-feira, a própria Arena das Dunas emitiu um comunicado para dizer que irá tentar identificar os vândalos.

- É uma coisa inaceitável e que o América-RN não vai ser conivente. E vai processar sim. Porque vai inclusive gastar do seu bolso pra recuperar a Arena (das Dunas). Vai ser descontado do que ele ia ter de receita. A receita já é escassa e você ainda vai vê-la diminuída por atitude de vândalos. Eles não são torcedores - frisou Eduardo Rocha.

O caso

Após o empate por 1 a 1 com a Juazeirense que manteve o América-RN na Série D em 2018, alguns torcedores tentaram invadir o gramado e quebraram cadeiras, entrando em conflito com policiais, que precisaram utilizar spray de pimenta e efetuaram tiros de bala de borracha. Na saída da Arena das Dunas, os torcedores quebraram também banheiros, catracas eletrônicas e um quiosque de alimentação.

No início deste mês, o clube já havia promovido uma campanha para evitar que o torcedor não quebrasse cadeiras na Arena das Dunas, já que o clube é quem arca com o prejuízo. Na ocasião, o Alvirrubro tirou do bolso R$ 5.500 após a vitória por 2 a 1 contra o Ceilândia pelas oitavas de final.