Líder do MBL aprova Cláudio Santos para o Governo e Eleika para o Senado - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

11/08/2017

Líder do MBL aprova Cláudio Santos para o Governo e Eleika para o Senado


Arthur Dutra (PSL), líder do Movimento Brasil Livre (MBL), considera os nomes do desembargador Cláudio Santos e da vereadora Eleika Bezerra (PSL) bons para disputar, respectivamente, o governo do Rio Grande do Norte e o Senado nas eleições de 2018. Para o também advogado, Eleika significa um nome de credibilidade, e sua atual gestão como parlamentar da Câmara Municipal de Natal a credencia para tentar o pleito.

“A professora Eleika faz discursos pela Educação; tem um nome de credibilidade e de austeridade na Câmara Municipal. Ela gasta pouco e economiza os recursos públicos e, mesmo assim, consegue fazer um bom mandato. O exemplo dela pode ser transportado para o Senado, que é uma casa perdulária e que consume muito o dinheiro público”, disse Dutra, rechaçando a deputada federal Zenaide Maia (PR), que tem tido seu nome ventilado nos bastidores da política, como possível senadora. “Zenaide é muito ligada ao discurso da esquerda, o que não é o adequado para o momento”.

Conforme ele acredita, o candidato que desejar uma cadeira no Senado precisa ter um bom trânsito em Brasília, bem como saber se movimentar nas comissões e ministérios. Sobre José Agripino (DEM) e Garibaldi Alves (PMDB), Arthur Dutra opina que é preciso dar chance a novas pessoas, porque “pela longevidade dos mandatos, os dois já cansaram já o povo”.

Em se tratando do governo do Rio Grande do Norte, Arthur sugere que Cláudio Santos possa se destacar. O desembargador, contudo, ainda não oficializou sua pré-candidatura. Por este motivo, o líder do MBL é cauteloso ao falar em apoio ao magistrado.

“Há ainda de se confirmar a candidatura dele, já que, como ele é desembargador, não pode se lançar. É um nome que observamos com atenção, mas não posso dizer que vou apoiar porque não se sabe se ele será candidato”.

Na visão de Dutra, o próximo gestor do estado potiguar necessita ter coragem e austeridade para fazer cortes de despesas dos setores que considera desnecessários, visando a alavancar a economia, além de reduzir as cargas tributárias e investir em infraestrutura. Atualmente, segundo ele, o governo se limita a pagar a folha atrasada, tendo perdido a capacidade de gerar investimentos.

“O governador que tiver essa coragem de fazer esses cortes e tapar os gargalos das finanças do estado teria meu pleno apoio fácil. Quem tenho visto que está com um discurso muito nessa linha e fez isso na Justiça foi o desembargador Cláudio Santos”, admitiu.

Quanto ao próprio partido que defende, Arthur conta que o PSL/Livres pretende lançar nomes para disputar lugares na Assembleia Legislativa. A intenção da sigla é inserir alguém dentro da Casa que imponha uma filosofia de baixos gastos.

“A Assembleia consome muito dinheiro e dá poucos resultados. Quem quer que se apresente para a Assembleia, tem que vir com essa intenção; gastar pouco dinheiro do contribuinte e mostrar resultados, porque é possível e exemplos têm de monte no Brasil todo. Sobre possíveis nomes, estamos trabalhando e eles serão divulgados na hora certa”, destacou.

Carlos Eduardo

Muito se fala nos bastidores da política que o prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) deve abandonar a prefeitura de Natal em 2018 para disputar o governo do Rio Grande do Norte. Acerca das chances do gestor municipal, Arthur Dutra apontou que o prefeito está com a imagem muito desgastada por não apresentar novidades em suas últimas gestões.

“Carlos Eduardo não é mais nenhuma novidade na política estadual, ele faz gestões muito conservadoras e sem muitas inovações no município”, pontuou o líder do MLB, que ainda elogiou Tião Couto (PSDB) como possível candidato à majoritária estadual. “Tião é um fato novo interessante na política; disputou bem a prefeitura de Mossoró com discurso de empreendedorismo e de gestão empresarial da coisa pública. Ele parece um nome interessante”, concluiu.