Extratos de contas atribuídas a Lula e Dilma são entregues pela JBS ao MPF - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

01/09/2017

Extratos de contas atribuídas a Lula e Dilma são entregues pela JBS ao MPF


Os irmãos, empresários, sócios e donos do Grupo JBS, Joesley e Wesley Batista, estão prestes a entregar e explicar em detalhes os depósitos que foram feitos nas contas atribuídas aos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff no exterior. O ato está sendo feito no início deste mês de setembro e o Ministério Público Federal (MPF) começa a ter mais informações acerca das lideranças petistas.

Segundo informações apuradas pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, as contas foram abertas em nome de uma offshore controlada por Joesley Batista. Ele diz que, quando fazia negócio com o governo, depositava propina de cerca de 4%, primeiro numa conta “de Lula”, no governo dele, e depois numa conta “de Dilma”. O dinheiro ficaria reservado para o PT. Ele afirma que mostrava os extratos para o então ministro Guido Mantega.

Cada vez que dava dinheiro para campanhas do Partido dos Trabalhadores no Brasil, Joesley diz que abatia contabilmente da poupança do exterior. No fim das contas, o PT gastou tudo o que tinha direito, afirma. E Joesley Batista usou o saldo no exterior para comprar um apartamento em Nova Iorque, dois barcos e até mesmo para pagar a festa de seu casamento com Ticiana Villas-Boas, realizado em 2012.

Por sua vez, o ex-ministro do governo petista, Guido Mantega, afirma que nunca negociou a doação de recursos irregulares com o empresário Joesley Batista. Lula e Dilma afirmam que jamais ouviram falar das tais contas. O primeiro, inclusive, perdeu ação recente em que pedia direito de resposta à TV Globo por reportagem exibida no “Fantástico” sobre a sentença de Sergio Moro que o condenou à prisão.