ABC tem 48h para pagar salários ou atletas nem pisam em campo - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

24/10/2017

ABC tem 48h para pagar salários ou atletas nem pisam em campo


O ABC tem 48 horas, contadas desde o começo da tarde dessa segunda-feira (23), para regularizar três meses de salários atrasados. Se não quitar a dívida ou pelo menos apresentar uma solução, os jogadores não vão entrar em campo para o jogo contra o Londrina, no sábado (28). Se isso ocorrer, o time paranaense venceria por W.O pela Série B.

“É uma decisão pela primeira vez tomada no Brasil”, anunciou o presidente do Sindicato dos Atletas de Futebol Profissional do Estado do Rio Grande do Norte (Safern), Felipe Augusto Leite.

O meia Vitor Júnior disse à reportagem que todos os jogadores do elenco estão juntos na ação. “Aqui tem 31 (atletas). Faltou quase ninguém”, relatou em referência ao comparecimento de jogadores na entrevista concedida por Leite na advocacia do presidente da Safern.

Leite afirmou que “jogadores estão passando pelo dissabor de enfrentar o risco de serem despejados de onde moram”. Além disso, estão sendo cobrados pelos restaurantes onde comeram.

De acordo com ele, a diretoria do ABC tem deixado sempre dois meses de salário em atraso. Quando o acumulado chega ao terceiro mês, se faz o pagamento de um. “Ainda têm outros valores, como auxílio-moradia, fundo de garantia e premiações que não estão sendo pagas”, citou.

O clube não teria pago aos jogadores a premiação pela conquista do Estadual e por terem participado da Copa do Brasil. Competições nas quais o ABC jogou no primeiro semestre do ano.

Conforme dito pelo presidente da Safern, o valor da dívida do ABC com os jogadores “não é estimado”, e “o que todos os atletas sabem é que acabou o dinheiro”. Outros funcionários do clube, conforme relatado por Leite, também estão com os salários atrasados. Mesmo com essa situação, o time quebrou uma sequência negativa, e não perdeu nas três últimas rodadas da Série B. Foram duas vitórias e um empate.