Neto revela que Neymar pai ofereceu US$ 3 mil para Amaral quebrar suas pernas - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

12/10/2017

Neto revela que Neymar pai ofereceu US$ 3 mil para Amaral quebrar suas pernas


O ex-jogador e comentarista da TV Band, Neto, revelou que o pai de Neymar ofereceu US$ 3mil ao também ex-jogador Amaral para que quebrasse suas pernas. A informação vem do próprio Neto, através de um texto publicado no seu site oficial.

"Dá pra acreditar que o Amaral, ex-volante do Palmeiras, me confidenciou que em uma partida festiva no final do ano passado o Sr. Neymar 'Pai' ofereceu a ele 3 mil dólares para quebrar minhas pernas? Incrível, não?", escreveu o comentarista.

Segundo Neto, o motivo teria sido algumas críticas que ele fez sobre a postura de Neymar, o filho, que joga no Paris Saint-Germain, fora de campo. "Sei que falo algumas coisas polêmicas que desagradam muita gente. Já critiquei várias vezes o próprio Neymar Jr. por atitudes dentro e fora de campo, mas nunca questionei a capacidade desse moleque pra jogar bola... Agora chegar ao ponto de partir para a agressão? Ou melhor, pagar alguém para me machucar? É algo totalmente fora de propósito! Ridículo, diga-se de passagem!", criticou.

Leia o texto de Neto na íntegra em que faz a revelação:

Calma, o conteúdo deste post não tem nada a ver com o Neymar Jr., craque da Seleção Brasileira do Tite. Mas sim com o pai dele, o Sr. Neymar 'Senior', que além de não ter um histórico futebolístico muito favorável lá em Mogi das Cruzes - leia-se ex-jogador meia-boca-, tem se saído um cara bem rancoroso. Dá pra acreditar que o Amaral, ex-volante do Palmeiras, me confidenciou que em uma partida festiva no final do ano passado o Sr. Neymar 'Pai' ofereceu a ele 3 mil dólares para quebrar minhas pernas? Incrível, não?

Sei que falo algumas coisas polêmicas que desagradam muita gente. Já critiquei várias vezes o próprio Neymar Jr. por atitudes dentro e fora de campo, mas nunca questionei a capacidade desse moleque pra jogar bola. É um monstro! A referência do futebol brasileiro na atualidade, algo que ainda perdurará por muitos anos. Agora chegar ao ponto de partir para a agressão? Ou melhor, pagar alguém para me machucar? É algo totalmente fora de propósito! Ridículo, diga-se de passagem!

Aliás, queria dizer ao Neymar 'Pai' que me orgulho muito dele se importar tanto com as coisas que eu falo. E mais, podia aproveitar para viver um pouco a própria vida e sair da 'aba' do filho. Fica óbvio inclusive que determinadas atitudes do pai atrapalham a vida profissional e pessoal do filho. Ou seja, quem deveria dar exemplo precisa ganhar lição de moral. Aí é brincadeira???