Depois de três anos, a Fenacam está de volta ao Rio Grande do Norte - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

14/11/2017

Depois de três anos, a Fenacam está de volta ao Rio Grande do Norte


Depois de três anos sediada em Fortaleza, a XIV edição da Feira Nacional do Camarão – FENACAM -, promovida pela Associação Brasileira de Criadores de Camarão – ABCC – está de volta a Natal, abrindo nesta quarta-feira à noite, 15, e se estendendo até o sábado, 18, no Centro de Convenções.

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Camarão, Itamar Rocha, admitiu nesta segunda-feira,13, ao Agora RN/Agora Jornal que o retorno da Fenacam à capital potiguar se deveu a dois fatores principais: primeiro, aos investimentos privados no setor no estado, que hoje concentra grandes laboratórios de pós-larva e indústrias de processamento de camarão e, segundo, ao apoio feito diretamente pelo governador Robinson Faria, que fez o convite para o evento retornar à Natal durante sua última edição de Fortaleza. O governador do Ceará, Camilo Santana, não estava presente na ocasião.

No ano passado, a produção de camarão do RN ficou na casa das 15 mil toneladas. Não obstante, os investimentos de dois empresários cearenses aqui na compra da Potiporã Aquicultura (do grupo Queiroz Galvão) por R$ 100 milhões pagos praticamente à vista e a aquisição, também feita por outro empresário cearense, da Del Monte Fresh, por R$ 15 milhões, atraíram a atenção de outros investimentos privados para o RN.

Programação

A Fenacam 2017 está dividida entre programações técnicas (2), científicas (1), empresarial (1) e gastronômica (1). Paralelamente, acontece o XIV Simpósio Internacional de Carcinicultura; XI Simpósio Internacional de Aqüicultura; XIV Sessões Técnicas e Científicas (Aquicultura e Carcinicultura); XIV Feira Internacional de Serviços e Produtos para Aquicultura e XIV Festival Gastronômico de Frutos do Mar.

Serão proferidas 39 palestras e apresentados centenas de trabalhos técnicos e científicos (oral e pôsteres), nacionais e internacionais, levando em conta as demandas dos aquicultores / carcinicultores e dos demais congressistas, sobre as atualizações e avanços da aqüicultura e da carcinicultura nas diversas regiões do Brasil e nos principais países Latino americanos e asiáticos, que se destacam na exploração do camarão, contribuindo para a atualização ou incorporação de novas tecnologias.

A XIV Feira Internacional de Serviços e Produtos para Aquicultura, outro evento paralelo à FENACAM’17, contará com cerca de 200 estandes representando o que existe de mais atual na indústria da aqüicultura brasileira e mundial, abrindo oportunidade de negócios e promoção de intercâmbio com as empresas produtoras de pós-larvas, rações e os demais atores dessa cadeia produtiva, incluindo as indústrias que detém tecnologias, fabricam insumos, materiais especiais, equipamentos e prestam serviços para os setores aquícola e carcinicula.