Responsáveis pelo vazamento do vídeo de Waack queriam discutir racismo - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

10/11/2017

Responsáveis pelo vazamento do vídeo de Waack queriam discutir racismo


Os responsáveis pelo vazamento das imagens do jornalista William Waack, que repercutiram na internet e consequentemente o afastou da apresentação do Jornal da Globo, conversaram com a rádio Jovem Pan nesta quinta-feira (9) e afirmaram que o sentimento no momento em que se deram conta do que Waack havia dito, “foi de incredulidade”. A gravação foi realizada no ano passado, mas só foi divulgada na última quarta (8), quando o vazamento tomou grandes proporções.

“Eu ainda voltei as imagens para ter certeza, não estava acreditando que ele teria falado aquilo. Fiquei tão revoltado que filmei com meu celular”, afirmou Diego Rocha Pereira, operador de TV responsável pelas imagens.

O operador de VT Diego Rocha Pereira, de 28 anos, e o designer gráfico Robson Cordeiro Ramos, 29, são negros e contaram que se sentiram afetados com o comentário.

O designer Robson que divulgou o vídeo, explicou os motivos que o levaram a compartilhar o conteúdo. “Soltei o vídeo em um grupo de líderes do movimento negro. Mas não foi premeditado essa repercussão, a ideia era mostrar para os amigos que um jornalista influente como ele também poderia ser racista”, declarou à rádio.

A dupla ainda rebateu os comentários negativos de internautas. “Se nosso objetivo fosse fama ou dinheiro, teríamos feito antes”, disse. Eles contaram também que ficaram surpresos com a reação das pessoas que estavam no local. “Ele não foi repreendido depois. Ali estava cheio de gente, tinha coordenador, diretor de imagem, o próprio entrevistado poderia ter reclamado da ‘piadinha’”.

Afastamento

A Globo anunciou o afastamento no mesmo dia em que o assunto chegou a ser um dos mais comentados do mundo no Twitter. A emissora informou, em comunicado, que é “visceralmente contra o racismo” e que ele foi afastado “até que a situação seja esclarecida”. O jornalista teria dito que não se lembrava do que disse no vídeo, mas pediu desculpas.