Ex-presidente do TJRN é vítima de sequestro relâmpago - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

23/12/2017

Ex-presidente do TJRN é vítima de sequestro relâmpago


O desembargador aposentado Osvaldo Soares da Cruz, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, foi vítima de um assalto seguido de sequestro relâmpago na madrugada deste sábado (23) no interior do estado.

Segundo a Polícia Militar, Osvaldo foi levado de uma fazenda em Taipu, distante 60 quilômetros da capital potiguar, e libertado horas depois em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Não há registro de violência física. O carro e alguns pertences pessoais foram roubados.

Ainda de acordo com a PM, o desembargador estava em uma fazenda no distrito de Logradouro, na zona rural de Taipu, quando quatro homens armados entraram na propriedade e o renderam. Outras pessoas também estavam na casa, mas Osvaldo foi o único a ser levado pelos criminosos. Os bandidos usaram o carro dele, um Sportage de cor preta, para deixarem a fazenda.

RN sem PM

Desde a terça (19) que o RN vem sofrendo com a falta de policiamento militar nas ruas, principalmente em Natal, nas cidades da região metropolitana da capital e em Mossoró, segunda maior cidade do estado. Praças e oficiais da PM estão aquartelados. Nas praias não há bombeiros trabalhando como salva-vidas, pois eles também pararam. O protesto é por causa dos salários atrasados, situação recorrente já alguns meses.

Agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil se uniram ao protesto e estão trabalhando em escala de plantão. Isso significa que desde o início do movimento apenas as delegacias de plantão e as regionais estão funcionando. Agentes penitenciários estão em greve, o que impede a realização de visitas e banhos de sol nos presídios do estado.

Nesta última noite e madrugada, quatro pessoas foram assassinadas e uma criança baleada em Mossoró. Na cidade, apenas 30% do efetivo está nas ruas.

Em Natal, a Força Nacional foi convocada para ajudar no patrulhamento. Entre homens e mulheres, 70 agentes chegaram à cidade para dar apoio no patrulhamento. Mossoró, porém, não recebeu reforço algum.

Escândalo dos precatórios

Em outubro deste ano, o Tribunal de Contas do Estado condenou os desembargadores Osvaldo Cruz e Rafael Godeiros, ambos aposentados, a devolverem recursos desviados do setor de precatórios do Tribunal de Justiça. O esquema, que contou com a participação de outros envolvidos, desviou R$ 14.195.702,82 dos cofres do tribunal.