Moradores das capitais do NE passam em média 33 dias do ano no trânsito - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

22/01/2018

Moradores das capitais do NE passam em média 33 dias do ano no trânsito


Um mês e três dias é o período médio que o morador das capitais da região Nordeste passa no trânsito, por ano. O cálculo é da pesquisa sobre os Impactos da Mobilidade Urbana no Varejo na região Nordeste realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

A pesquisa, aplicada pelo Ibope, ouviu 375 consumidores das nove capitais do Nordeste. A margem de erro é de no máximo 0,01 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

O tempo médio gasto diariamente para fazer atividades corriqueiras, como se deslocar até o trabalho, deixar os filhos na escola ou fazer compras no supermercado é de duas horas e 11 minutos, levando em consideração tanto o transporte coletivo quanto o de carros e motos privados.

De acordo com a pesquisa, 42% dos moradores do Nordeste possuem carros e/ou motos em suas residências. Quando analisados somente aqueles das classes A e B, o percentual aumenta para 77%.

Transporte coletivo

Caso houvesse uma boa alternativa de transporte coletivo, 55% dos motoristas do Nordeste reconhecem que deixariam de utilizar seus veículos particulares para trajetos do dia a dia. Outros 22% são mais resistentes e manteriam o hábito de se locomover apenas com seus veículos.

Entre o público que utiliza o transporte público para se locomover na maioria das vezes, os principais motivos são o fato de ser a alternativa mais barata (40%), ser o único meio de locomoção disponível (30%), e a facilidade no acesso (20%). Alguns dos motivos menos citados foram atributos como conforto (5%), adoção de atitudes ecologicamente corretas (4%) e qualidade do serviço prestado (3%).

Por outro lado, quando analisados os principais motivos para aqueles que se locomovem de carro ou moto na maior parte das vezes, surgem no topo da lista atributos positivos como conforto (41%), rapidez para se chegar a um destino (38%) e comodidade (36%).

Perguntados sobre qual o meio de transporte mais utilizado para ir até o trabalho, o ônibus foi o veículo mais citado pelos entrevistados (45%). O carro é a segunda opção mais utilizada para trabalhar (17%). A caminhada é o terceiro mais citado, com 7%.

Lazer

Para ir ao cinema, parques, festas, bares e restaurantes, 44% dos entrevistados disseram que utilizam ônibus. O carro aparece em segundo lugar, citado por 32%. Os serviços de transporte por aplicativo, como Uber e Cabify, aparecem em terceiro lugar (20%).