Anatel divulga ranking das melhores e piores operadoras do Brasil - Joabson Silva

NOVAS

14/03/2018

Anatel divulga ranking das melhores e piores operadoras do Brasil


A Anatel divulgou sua pesquisa anual com as operadoras brasileiras melhores avaliadas na oferta de serviços de telefonia pré e pós paga, telefonia fixa e internet banda larga em 2017.

O estudo mostra o índice de satisfação dos consumidores em relação ao serviço prestado pelas empresas de telecom, que receberam uma nota de 0 a 10 de acordo com uma série de indicadores definidos pela agência reguladora.

Telefonia pré-paga

Foram avaliados os indicadores de atendimento telefônico, canais de atendimento, capacidade de resolução, funcionamento, oferta e contratação e recarga. A operadora melhor avaliada em serviços pré-pagos foi a Sercomtel, que manteve a mesma média de 2016. A Vivo foi a única que caiu em desempenho em relação ao ano anterior, apesar de manter a mesma posição no ranking. O estudo completo pode ser visto aqui.

1 – Sercomtel (7,71)
2 – Algar (7,41)
3 – Claro (6,92)
4 – Vivo (6,88)
5 – TIM (6,82)
6 – Oi (6,66)

Telefonia pós-paga

Nenhuma operadora teve queda na satisfação geral em relação a 2016. Foram avaliados os indicadores de oferta e contratação, funcionamento, cobrança, canais de atendimento, capacidade de resolução e reparo e instalação. A Porto Seguro Conecta manteve a primeira posição com grande vantagem em relação à Vivo, que ficou com a segunda posição. A Oi foi a operadora com pior avaliação em pós-pago, assim como em pré-pago. O estudo completo pode ser visto aqui.

1 – Porto Seguro Conecta (8,32)
2 – Vivo (7,26)
TIM (7,16)
– Algar (7,04)
– Nextel (7,02)
– Claro (7,00)
– Oi (6,20)

Telefonia Fixa

Em relação à telefonia fixa, Claro/NET e Tim foram as únicas operadoras a crescerem a nota geral, enquanto as outras caíram em relação a 2016. Foram avaliados os indicadores de oferta e contratação, funcionamento, cobrança, canais de atendimento, capacidade de resolução e reparo e instalação. O estudo completo pode ser visto aqui:

– Sercontel (8,00)
– Algar (7,69)
– Tim (7,58)
– Claro/NET (7,37)
– Vivo (6,96)
– Oi (6,47)

Internet banda larga

O serviço de banda larga fixa também caiu no geral em relação a 2016. Foram avaliados os indicadores de oferta e contratação, funcionamento, cobrança, canais de atendimento, capacidade de resolução e reparo e instalação. Vivo e Oi foram as únicas operadoras a apresentarem melhorias em relação ao ano anterior, enquanto todas as outras analisadas pioraram. A Brisanet foi avaliada pela primeira vez pela Anatel. O estudo completo pode ser visto aqui.

– Cabo Telecom (7,64)
– Tim (7,54)
– Brisanet (7,26)
– Sercomtel (6,87)
– NET (6,43)
– Algar (6,39)
– Vivo (6,38)
– Oi (5,67)
– Sky (5,38)