Fábio Dantas afirma: “Fátima insiste com o golpe e esquece os problemas do RN” - Joabson Silva

NOVAS

22/03/2018

Fábio Dantas afirma: “Fátima insiste com o golpe e esquece os problemas do RN”


O governador Robinson Faria, do PSD, não é o único ex-aliado que está sendo alvo de críticas do vice e atual pré-candidato ao Governo em 2018, Fábio Dantas, do PSB. Em entrevista concedida nesta terça-feira, 20, Dantas criticou também a senadora Fátima Bezerra, do PT, com quem compartilhou o palanque em 2014 e as reuniões no início da gestão atual. Por outro lado, o vice não poupou elogiou aos pré-candidatos ao Senado, que podem vir a compor com ele a chapa que disputará o pleito em outubro, como o do ex-deputado Ney Lopes, o ex-governador Geraldo Melo e o empresário Luiz Roberto Barcelos (da agrícola Famosa).

“Ney Lopes é um grande nome. Geraldo Melo é um grande nome. Luiz Barcelos é um nome que começa a mostrar a classe produtiva, que tem que entrar nesse processo eleitoral”, avaliou o vice, acrescentando, em seguida, uma crítica a senadora Fátima Bezerra: “acho que a democracia neste ano vai ser muito importante este ano, porque vai ter vários segmentos. Teremos a defesa do legado atual, vai ter a senadora Fátima que vai defender as suas metodologias de política, que eu considero um pouco arcaicas, principalmente com a história de defender toda hora a história de um golpe e esquecer dos problemas do RN”.

Em breve histórico sobre porque o trio Robinson-Fabio-Fátima não continuou unido por mais de um pleito, Dantas explicou que foi consequência de alguns episódios durante o mandato, como o impeachment de Dilma Rousseff, que causou o rompimento do PT no Rio Grande do Norte, e depois a cobrança pelo apoio a continuidade da gestão, que causou o afastamento dele.

“Começou a se falar em continuidade da gestão. Eu discordo, porque eu acho que parte da população, e isso vai ter um peso muito grande peso na minha campanha, mas não concorda com isso”, avaliou o vice-governador Fábio Dantas.