TJRN institui comissão de perícias em armas para apoio ao ITEP/RN - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

23/03/2018

TJRN institui comissão de perícias em armas para apoio ao ITEP/RN


A Presidência do Tribunal de Justiça do RN instituiu a criação de uma Comissão Especial para realização de perícias de ofensividade nas armas pendentes de tal procedimento no Instituto Técnico-Científico de Perícia do Estado (ITEP) do Rio Grande do Norte. A comissão terá como membros sargentos e cabos que exercem funções no Gabinete de Segurança Institucional do TJ. Eles exercerão as perícias em dias que não estiverem designados para a Corte potiguar. A coordenação das atividades será exercida pelo juiz Henrique Baltazar. A determinação consta da Portaria nº 332/2018, assinada pelo desembargador Expedito Ferreira.

De acordo com o juiz Henrique Baltazar, atualmente 3 mil armas aguardam o laudo de ofensividade no ITEP, o que impede o andamento de investigações e de processos judiciais. “Existem processos atrasados há vários anos e o ITEP só deve realizar concurso para este fim no fim do ano”, aponta o magistrado, ao destacar que os trabalhos da comissão terão início ainda nesta semana.

Segundo o magistrado, as perícias realizadas serão as de menor complexidade, como as de verificar se arma está em funcionamento, já que este elemento definirá que laudo será realizado pelo ITEP – como o de balística, por exemplo – e qual o tipo de crime que a arma pode ser enquadrada. “Com o laudo de ofensividade podemos identificar o funcionamento ou não da arma e isso altera o delito, caso seja uma arma de brinquedo, por exemplo”, explica.

“Pretendemos realizar perícias em 50 armas por dia e, acreditamos, que, por meio deste trabalho de ajuda ao ITEP, reduziremos o quantitativo em mil armas”, estima Baltazar.