Três marcas de ovos de Páscoa são reprovadas em fiscalização do Ipem RN - Joabson Silva

NOVAS

29/03/2018

Três marcas de ovos de Páscoa são reprovadas em fiscalização do Ipem RN


O Instituto de Pesos e Medidas (Ipem/RN) realizou a Operação Páscoa durante todo o mês de março. A fiscalização, que faz parte de um calendário nacional, avaliou itens como ovo de páscoa, chocolate, colomba pascal, azeite, suco de uva integral e bacalhau.

Atuaram diretamente as divisões de Qualidade e Pré-medidos, a primeira fiscalizou se os brinquedos oferecidos como brindes nos ovos de páscoa contavam com informações em língua portuguesa, classificação etária e o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Os fiscais também atestaram se a embalagem do produto que continha o brinquedo também apresentava os dizeres: “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade”.

A área de Pré-medidos, que verifica produtos medidos e embalados sem a presença do consumidor, recolheu itens comercializados em larga escala durante a semana santa e analisou, em laboratório, se o peso indicado pelo fabricante na embalagem correspondia à quantidade real.

“Dentre os 45 tipos de produtos pré-medidos avaliados, tivemos reprovações apenas em um tipo, ovo de Páscoa. Dos mais de 450 ovos coletados, somente duas marcas apresentaram peso divergente do indicado na embalagem e outra não trazia nem mesmo a informação da gramatura”, informou Rosângela Ramalho, responsável pelo laboratório do Ipem.

A área de Qualidade esteve em 19 estabelecimentos comerciais e não encontrou nenhuma irregularidade nos ovos de Páscoa que continham brinquedos, o que demonstra que as marcas estão se adequando às normas de segurança estabelecidas por órgãos de proteção e defesa do consumidor.