Empresa potiguar desenvolve game e se destaca em feira nos Estados Unidos - Joabson Silva

NOVAS

17/04/2018

Empresa potiguar desenvolve game e se destaca em feira nos Estados Unidos


Na GDC (Game Developers Conference, ou Conferência de Desenvolvedores de Jogos), a maior feira de Games do mundo, em São Francisco, Califórnia-EUA, um jogo potiguar foi destaque junto à imprensa especializada e o público do evento: Dolmen, da Massive Work Studio. O mesmo ocorreu na Europa, tendo esse jogo norteriograndense figurado com destaque em eventos como o Indie Garden, na França, recebendo indicações aos prêmios de melhor jogo e melhor arte. E mais: Foi selecionado tanto no SquareEnix Collective, como atingiu a meta de inscritos no Thunderclap, ambos sites de publicidade para jogos independentes.

Sendo a área de entretenimento que mais lucra hoje no mundo, o segmento de criação de videogames mudou muito nos últimos anos, de cenários infantis a universos densos e focado no público adulto.

Com cerca de um ano de desenvolvimento, esse projeto parece pronto para saltos ainda mais altos, chamando a atenção para seu visual cinematográfico, narrativa densa e mecânica divertida, que convida os jogadores a se adaptarem a cada novo ambiente, desafiando seus limites no cenário pós-apocalíptico de um estranho mundo alienígena.

Assim, a equipe lançou, no dia 5 de abril, sua campanha de crowdfunding, pelo site estadunidense Kickstarter a mesma segue até o dia 09 de maio , dando a chance para jogadores do mundo inteiro fazerem parte do financiamento do Dolmen, ganhando recompensas e presentes exclusivos. A ideia é angariar 90 mil dólares em 33 dias.

Contando com mais de 20 colaboradores, entre animadores, publicitários, artistas visuais, designers, modeladores e game designers, a empreitada segue com força além de convidar jogadores-teste de toda a Grande Natal para conferirem seu potencial.”Estamos felizes com a resposta que tivemos do público nos Estados Unidos”, diz o Produtor Pedro Bastos, cheio de razões para comemorar.

A Massive Work Studio representa um novo segmento de desenvolvedores para o universo de jogos Indie (Expressão usada para definir os jogos independentes, desligados das grandes empresas multinacionais), procurando atingir seu público com o mesmo impacto de um produto de circulação mundial, ousando encarar a concorrência das grandes franquias.

Repetindo o lema “trabalho, trabalho e trabalho”, os criadores da iniciativa flertam com diversas influências e trazem novas ideias, numa empolgante mistura de Ficção Científica, Horror e Filosofia. Com astronautas existencialistas que citam Fernando Pessoa e uma trama repleta de mistério, o Dolmen parece ser aquele tipo de jogo que descobrimos de repente e não conseguimos soltar. Tanto o é, que no dia a dia da cada desenvolvedor já se acostumou à pergunta que surge sempre que apresenta o trabalho para novos testers: “Esse jogo é brasileiro mesmo?”