INSS corta mais de 3,4 mil benefícios irregulares no RN - Joabson Silva

NOVAS

17/04/2018

INSS corta mais de 3,4 mil benefícios irregulares no RN


No Rio Grande do Norte, 3.415 benefícios sociais pagos pelo Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) foram cortados desde a revisão iniciada pelo Governo Federal em 2016, e que se estenderá até o final deste ano. Informou, ao PORTAL NO AR, o Ministério do Desenvolvimento Social.

Foram realizadas 5.616 perícias no estado, sendo 3.227 de auxílios-doença e 2.389 de aposentados por invalidez. No primeiro benefício citado, 2.750 cortes foram executados. Isso gerou uma economia de R$ 87,3 milhões.

As revisões nas aposentadorias por invalidez fizeram com que 665 benefícios fossem cessados. O Ministério do Desenvolvimento Social não informou a economia gerada por este corte.

Ao todo, 6.555 auxílios-doença e 14.995 aposentadorias por invalidez serão revisados, no Rio Grande do Norte, até o fim do ano.

Brasil

Após o trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo Governo Federal, 422 mil serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC). O anúncio foi feito nessa segunda-feira,16, em Brasília, pelos ministros do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, e do Planejamento, Esteves Colnago.

Diversos benefícios de programas sociais estão sendo revisados pelo Governo Federal, para verificar se os beneficiários ainda cumprem os requisitos apresentados no momento da concessão do auxílio. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o objetivo é revisar 1,8 milhão de benefícios, entre auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Após o pente fino, a expectativa do governo é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais. A economia total com as medidas pode chegar a R$ 20 bilhões.