Morre aos 117 anos japonesa considerada a pessoa mais velha do mundo - Joabson Silva

NOVAS

23/04/2018

Morre aos 117 anos japonesa considerada a pessoa mais velha do mundo


A japonesa Nabi Tajima, considerada a pessoa mais velha do mundo, morreu na noite de sábado, 21, aos 117 anos, devido a sua idade avançada. Ela estava internada desde janeiro em um hospital do Japão, país que possui quase 68 mil centenários.

Tajima nasceu em 4 agosto de 1900 na ilha de Kikai, onde residia antes de falecer. Ela foi reconhecida pelo Gerontology Research Group (GRG) como a pessoa mais longeva do mundo em setembro de 2017, após o falecimento da jamaicana Violet Brown, que também faleceu com 117 anos.

De acordo com o GRG, após a morte de Tajima, a também japonesa Chiyo Miyako, de 116 anos e 354 dias, é a pessoa mais velha do mundo, seguida pela italiana Giuseppina Projetto-Frau, de 115 anos e 326 dias de idade.

O número de pessoas centenárias no Japão, conhecido pela longa expectativa de vida de seus habitantes, bateu o recorde em setembro passado, chegando a 67.824, segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde do país.

O volume de centenários aumentou no Japão de maneira contínua desde 1971, e as autoridades preveem que a tendência se mantenha, principalmente devido aos avanços nos tratamentos médicos e à conscientização em relação à saúde.

Neste mês, o japonês Masazo Nonaka, de 112 anos e 259 dias, foi reconhecido como o homem mais velho do mundo pela Guinness World Records.