Pelo Twitter, deputado Felipe Maia critica campanha curta em 2018 - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

04/04/2018

Pelo Twitter, deputado Felipe Maia critica campanha curta em 2018


O partido Democratas pode até ter defendido a redução do tempo de campanha na época da discussão da reforma política, contudo, o deputado federal que a sigla tem no Rio Grande do Norte, Felipe Maia, é um dos críticos da medida. Tanto é que durante o feriado da Semana Santa, o parlamentar aproveitou para criticar a medida por meio de seu perfil oficial no Twitter. “Campanha curta e eleitor desatento as propostas. É o que teremos!”, afirmou.

Antes, Felipe Maia havia apresentado o dado de que uma em cada duas pessoas assiste televisão com o celular na mão. Afirmou também que, entre os 16 e os 34 anos, cerca de 2/3 usam redes sociais enquanto assistem TV. “Imagine quando começar o programa eleitoral gratuito”, antecipou, acrescentando que “e o pior, o exíguo tempo de campanha eleitoral em 2018, mesmo que tivesse toda a atenção do eleitor, ainda seria muito curto diante do tanto que precisamos debater e dos problemas que precisamos buscar soluções”.

O parlamentar federal potiguar do DEM afirmou ainda que o “ideal” é “não aguardar o horário eleitoral para conhecer o seu representante”. “O ideal é o eleitor acompanhar e conhecer bem os seus representantes para nas eleições apenas escolher a melhor opção através do voto livre e democrático”, avaliou.

Apesar da opinião de Felipe Maia, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que é pré-candidato pelo Democratas à presidência da República, foi um dos defensores da redução do tempo de campanha. Segundo ele, que foi relator da reforma política em 2015, a medida visava reduzir custos da campanha. “Só de reduzir a campanha de 90 dias para 45 dias e a propaganda de TV de 45 dias para 35 dias já reduz muito”, avaliou, na época.