Planalto ainda não sabe se manterá regalias de Lula, que custam mais de R$ 1 milhão por ano - Joabson Silva

NOVAS

08/04/2018

Planalto ainda não sabe se manterá regalias de Lula, que custam mais de R$ 1 milhão por ano


A Presidência da República ainda não sabe o que fazer com as prerrogativas de ex-presidente de Lula, agora que sua prisão foi decretada. As regalias incluem dois carros oficiais, auxílio-moradia, oito assessores, segurança pessoal e uso ilimitado de cartão corporativo. A Secretaria de Comunicação informou que a consulta, encaminhada à área jurídica do Planalto, somente será respondida segunda-feira (9). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os privilégios de Lula custam mais de R$ 1 milhão por ano. Ele também tem direito a passagens aéreas e até a assistência à saúde.

O maior gasto de um ex-presidente em um só ano, sem surpresa, é o de Dilma Rousseff (PT) em 2017: mais de R$1,4 milhão.

A Secretaria-Geral da Presidência, que gerencia as regalias do ex-presidente, não quer comentar o assunto antes de parecer jurídico.

O ex-presidente petista, agora apenado por corrupção, gastou mais de R$7 milhões do contribuinte com suas regalias.