Prefeita e vice cassadas não conseguem retomar mandatos em Campestre - Joabson Silva

NOVAS

18/04/2018

Prefeita e vice cassadas não conseguem retomar mandatos em Campestre


A prefeita e vice-prefeita cassadas de São José do Campestre, Maria Alda Romão Soares (PSD) e Eliza Assis de Oliveira Borges (MDB), não obtiveram acolhimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para retorno aos respectivos cargos.

O mandado de segurança com pedido de liminar que protocolaram no TSE foi negado em decisão monocrática da ministra Rosa Weber.

Ambas foram condenadas à perda de mandato e inelegibilidade por oito anos, por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico.

Novo prefeito

A condenação foi decidida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no último dia 10.

Hoje mesmo ocorreu a posse do novo prefeito, o presidente da Câmara Municipal - vereador Joseilson Borges da Costa (MDB), o “Neném Borges”.

A Justiça Eleitoral ainda vai marcar e definir todo o calendário eleitoral para realização de novo pleito à prefeitura do município que fica a 100km do Natal, região Agreste.

Carlos Santos