Ações da Petrobras despencam 13% nesta quinta - Joabson Silva

NOVAS

24/05/2018

Ações da Petrobras despencam 13% nesta quinta


As ações da Petrobras abriram em queda de 13% nesta quinta-feira. O tombo reflete a decisão da estatal de reduzir o preço do diesel em 10% e congelar o valor por 15 dias, anunciada ontem pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente. Às 11h15, os papéis PN, preferenciais, sem direito a voto, operam em queda de 11,81% e as ações ON, ordinárias, com direito a voto, têm baixa de 11,27%. A queda dos papéis da estatal pressiona o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, que perdeu o patamar dos 80 mil pontos. O Ibovespa caía 1,58%, aos 79.583,09 pontos.

Na quarta-feira à noite, após o anúncio da Petrobras sobre a redução do preço do diesel, os papéis da estatal negociados na Bolsa de Nova York chegaram a cair mais de 13% nas negociações do after market, após o pregão oficial. Às 14h de hoje está marcada uma reunião entre a associação brasileira de caminhoneiros (Abcam) e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Nesta quarta-feira, a Câmara dos Deputados votou um projeto de Lei que zera o PIS/COFINS do diesel pelo resto do ano, o que ainda precisa ser aprovado pelo Senado e sancionado pelo presidente Michel Temer. Se aprovado, ajudaria a aliviar a pressão sobre a Petrobras.

No mercado de câmbio, após três dias seguidos de queda, o dólar abriu nesta quinta-feira em alta. A moeda americana avançava 0,63% logo após a abertura, para R$ 3,649.

Nesta quarta-feira, o dólar fechou em retração depois da divulgação da ata do último encontro de política monetária do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos. No documento, a maioria dos membros da autoridade monetária avaliou que “provavelmente em breve” seria apropriado uma alta adicional nos juros, em linha com o que já esperavam os agentes de mercado.