Anitta, Daniel e Maria Rita são alguns dos artistas que cancelaram shows por causa da paralisação de caminhoneiros - Joabson Silva

NOVAS

28/05/2018

Anitta, Daniel e Maria Rita são alguns dos artistas que cancelaram shows por causa da paralisação de caminhoneiros


Anitta, Daniel, Seu Jorge e Maria Rita foram alguns dos artistas que precisaram cancelar ou adiar os shows que fariam neste final de semana por conta da greve dos caminhoneiros. Na tarde de sábado (26), Anitta divulgou um comunicado em seus perfis oficiais nas redes sociais anunciando que o show programado para o domingo (27) em Belém foi cancelado.

“Apesar de todos os esforços para a realização do evento, infelizmente toda a logística do show ficou comprometida por conta da paralisação”, afirmou a empresa responsável pelo evento, no comunicado.

Em seu Instagram, Daniel explicou que as apresentações que faria nesta sexta-feira (25) e sábado (26) foram adiadas.

“Atenção ao público dos shows de Ponta Grossa/PR (25/05) e São José dos Campos/SP (26/05). Em função dos acontecimentos recentes em nosso País, não será possível a realização dos eventos deste final de semana, pois a logística de transporte foi comprometida. Porém informamos que os dois shows já têm nova data para acontecer: Ponta Grossa/PR – 9 de junho (sábado) e São José dos Campos/SP – 8 de julho (domingo). Os ingressos serão mantidos e para qualquer informação adicional, os organizadores dos shows estarão à disposição”, explicou a produção do cantor.

Maria Rita comunicou seus fãs pelo Twitter sobre o cancelamento do show que faria em Vila Velha. “Devido à greve dos caminhoneiros, as carretas que transportam os equipamentos, instrumentos musicais e cenários do show ‘Amor e Música’ não chegarão a tempo da apresentação deste fim de semana em Vila Velha, impossibilitando a sua realização. O show foi transferido para o dia 14 de setembro (sexta-feira) e os ingressos previamente adquiridos permanecem válidos para a nova data”.

O show de Seu Jorge, marcado para acontecer na sexta-feira (25), também foi adiado. A data foi alterada para 9 de junho.

“Com muito pesar que venho comunicar que não vou poder fazer o concerto que já havia marcado pra fazer em Recife em função da crise que estamos atravessando, a greve dos caminhoneiros. Nosso caminhão com um monte de equipamento está preso no bloqueio, infelizmente não vai conseguir chegar. Tentamos algumas alternativas aqui de fazer com equipamento local, mas descobrimos que seria impossível, porque também estamos com problemas de voo e gasolina e tudo mais, que o Brasil está sentido muito. Lamento muito. A data será adiada, não cancelada”, explicou o cantor em vídeo.

A cantora Wanderlea também cancelou a apresentação que faria com seu musical “60! Década de Arromba”, que seria apresentado em Vila Velha, Espírito Santos, na sexta-feira (25) e no domingo (27). “Devido à greve dos caminhões e a falta de combustível, não conseguimos chegar com a produção em tempo hábil de montar e realizar as apresentações”.

O festival Tim Music, que aconteceria no sábado (26), em São Paulo, foi cancelado. No evento, se apresentariam as duplas Simone & Simaria, Matheus & Kauan, os cantores Bell Marques e Felipe Araújo e os DJs Bruno Martini e a dupla Jetlag.

“Devido à greve e paralisação dos caminhoneiros que traz graves impactos para todo o país, a TIM, Universal Music e D&M Promoções e Eventos foram obrigados a cancelar o FESTIVAL TIM MUSIC, que seria realizado no sábado (26) na Arena Anhembi em São Paulo. A decisão foi tomada levando em consideração, sobretudo, a segurança do público que estaria presente, além da logística terrestre das equipes técnicas, e deslocamento aéreo dos artistas”.