Brasileira é encontrada morta em rio na Austrália; polícia investiga caso - Joabson Silva

NOVAS

03/05/2018

Brasileira é encontrada morta em rio na Austrália; polícia investiga caso


A polícia da Austrália está investigando a morte de uma brasileira, que foi encontrada morta em um rio na cidade de Sydney, na Austrália. A polícia investiga a causa da morte, que é considerada como “suspeita”. O corpo foi encontrado no último domingo, 29, no Lane Cove River e a brasileira foi identificada como Cecilia Haddad, uma executiva de 38 anos. As informações são do jornal The Australian.

De acordo com a polícia, Cecilia foi vista pela última vez na noite de sexta-feira em um churrasco e no sábado pela manhã ela falou por telefone com alguns amigos, mas depois não deu mais notícias.

O carro de Haddad foi encontrado estacionado na estação ferroviária de West Ryde no domingo. O sedan Fiat 500 vermelho modelo 2013 com teto preto, foi visto pela última vez do lado de fora de sua casa na tarde de sábado, 28.

No domingo, alguns caiaquistas tentaram ajudar depois que viram o corpo no rio Lane Cove. Ao chegarem perto, perceberam que ela estava morta e notificaram as autoridades.

A polícia investiga um homem que seria ex-namorado da brasileira, que estava em Sydney no último final de semana e viajou logo depois para o Brasil.

Vida social ativa

A brasileira trabalhou em uma mineradora no estado Austrália Ocidental antes de se mudar, em 2016, para Nova Gales do Sul para trabalhar em uma empresa de frete.

“Cecilia tinha uma vida social ativa e fez um grande círculo de amigos durante sua estada em Sydney”, disse o inspetor Ritchie Sim, envolvido na investigação, em comunicado divulgado pela polícia.

A polícia está interrogando amigos e pediu ajuda à comunidade local para obter informações sobre a brasileira.

A causa da morte ainda não foi determinada.