Governo do RN cria o “Greve Fone” para população informar o que acontece nas estradas do Estado - Blog do Joabson Silva | Opinião e notícia

NOVAS

28/05/2018

Governo do RN cria o “Greve Fone” para população informar o que acontece nas estradas do Estado


Em decorrência da greve dos caminhoneiros, o governador Robinson Faria determinou a instalação de uma linha telefônica para que a população possa dar informações sobre o que está acontecendo nas várias estradas do RN. “Este é mais um serviço importante que irá contribuir para evitar maiores transtornos e atender às necessidades da população”, enfatizou Robinson Faria. A linha telefônica, que já está sendo chamada de “Greve Fone”, será operada pelo Ciosp e terá o número divulgado nas próximas horas, assim que estiver em funcionamento.

A iniciativa, que mostra que o governo está atento às consequências que a paralisação dos caminhoneiros está gerando para a população do Rio Grande do Norte, foi anunciada na manhã de hoje, 28, durante reunião com o comando do Exército no Rio Grande do Norte e com os dirigentes dos órgãos de segurança federal e estadual na sede da 7ª Brigada de Infantaria Motorizada em Natal.

Na reunião, o Governador tratou das ações para manter o funcionamento dos serviços essenciais e o fluxo de abastecimento de combustíveis. “O Governo do Estado vem acompanhando a movimentação dos caminhoneiros e está fazendo todos os esforços para manter em funcionamento os hospitais, escolas, transporte público, segurança pública e o abastecimento de combustíveis, gás, alimentos e medicamentos”, afirmou Robinson Faria.

O Governo do RN atua para assegurar também o trânsito de veículos de passeios e o transporte de passageiros, inclusive do aeroporto em São Gonçalo do Amarante. Para isso as polícias Civil e Militar estão atuando no monitoramento das estradas e na escolta de veículos que transportam insumos e produtos utilizados pelos serviços essenciais.

Na reunião o comandante da 7ª Brigada, general Carlos Augusto FecurySydrião Ferreira, disse que “as forças de segurança da área federal no Rio Grande do Norte estão atuando numa grande integração com as forças do Estado para evitar que se agrave a condição de anormalidade no abastecimento”.

O secretário adjunto de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, coronel Ulisses Paiva explicou que “por determinação do governador Robinson Faria, tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil estão atuando para garantir o funcionamento dos serviços essenciais, auxiliando na escolta dos caminhões de transporte de produtos e equipamentos. Contamos também com a ajuda e apoio de população para que tudo volte à normalidade”.