Lesão no ligamento do joelho tira o lateral Daniel Alves da Copa na Rússia - Joabson Silva

NOVAS

11/05/2018

Lesão no ligamento do joelho tira o lateral Daniel Alves da Copa na Rússia


Daniel Alves está fora da Copa do Mundo da Rússia. O jogador, de 35 anos, não será convocado pelo técnico Tite na segunda-feira, quando a CBF tem de entregar à Fifa a relação dos 23 jogadores do Brasil e mais uma lista de 12 suplentes. Se Tite mudar de ideia em relação ao grupo ou se algum dos 23 atletas se machucar, o treinador só poderá fazer a troca valendo-se dos suplentes. A decisão de não chamar Daniel Alves foi tomada após avaliação do médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, que teve em mãos todos os exames feito pelo jogador após sua contusão no joelho direito. Lasmar está em Paris, na sede do PSG.

O coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, também está em Paris ao lado do jogador do Paris Saint-Germain. Daniel Alves sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito em jogo na terça-feira pela decisão da Copa da França. No mesmo dia, os médicos do PSG ressaltaram a possibilidade de o jogador ser submetido a uma cirurgia. Exames realizados no atleta apontaram a desinserção no ligamento do joelho (quando o ligamento se desprende do osso) e a necessidade de pelo menos três semanas de afastamento.

A princípio, porém, a expectativa era de que o lateral não fosse operado antes do Mundial, o que aumentaria suas chances de ir à Copa. Daniel precisaria de 21 dias de repouso para passar por novos exames. Passando por cirurgia, que é o procedimento mais recomendado pelos especialistas, Daniel Alves não teria tempo para se recuperar a fim de jogar o Mundial. Ele é titular absoluto da posição. A Copa começa dia 14 de junho. O Brasil estreia dia 17, em Rostov, contra a Suíça. Antes disso, o time de Tite se reúne a partir do dia 21 de maio na Granja Comary, em Teresópolis, para o início da preparação. Depois, a delegação embarca para Londres, onde faz sua primeira parada antes de chegar à Rússia. Operado, Daniel Alves ficaria para trás nessa corrida.

Existe a possibilidade de Tite assumir os riscos e a responsabilidade de levar o lateral e tentar recuperá-lo durante a competição. Dependerá do treinador e de uma avaliação mais criteriosa dos médicos e preparadores físicos da comissão técnica do Brasil. Dani é o jogador mais experiente do time. Ele disputaria sua terceira Copa do Mundo. Desde a aposentadoria de Cafu, o jogador do PSG é o dono da lateral direita da seleção. Maicon foi titular na Copa de 2010, na África do Sul. Mas Daniel Alves estava no grupo.

Para a posição, sem Daniel Alves, Tite trabalha com três opções: Fagner, do Corinthians; Rafinha, do Bayern de Munique; e Danilo, do Manchester City. Ocorre que Fagner também se recupera de lesão na coxa direita. O médico Rodrigo Lasmar tem agendado seu retorno da França neste sábado, com chegada em São Paulo no domingo. Ele quer reavaliar Fagner antes da convocação de Tite, marcada para segunda-feira, na sede da CBF, às 14h.