TRE estima atender mais de 2,5 mil pessoas nos últimos dias para regularização - Joabson Silva

NOVAS

08/05/2018

TRE estima atender mais de 2,5 mil pessoas nos últimos dias para regularização


Mil pessoas nesta terça-feira, 8, mais mil e seiscentas na quarta, 9. Essa é a previsão de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em Natal, para esses dois últimos dias de prazo para regularização de título de eleitor com vistas à participação na eleição deste ano. Lembrando que, quem não regularizar sua situação, além de não ajudar na decisão dos nomes do governador, senadores, deputados federais e estaduais, também ficam impedidos de assumir cargo público e se matricular em universidade federal, dentre outras limitações.

Então, quem precisa se regularizar neste momento pré-eleitoral? Segundo o TRE, aquelas pessoas que não fizeram o recadastramento; as que estão votando pela primeira vez (que, no caso dos maiores de 18 anos, é obrigatório); as que querem mudar seu local de votação por ter alguma necessidade especial ou os travestis e transexuais que querem passar a utilizar seus nomes sociais no título.

“A gente vem com essa campanha, alertando o eleitor dessa data, há mais de um mês. A gente vem alertando, colocando nas redes sociais, mas infelizmente o eleitor deixa para a última hora e isso acarreta transtorno”, acrescentou a diretora geral do Tribunal Regional Eleitoral, Andrea Ramalho.

A consequência disso é que, nesta reta final, o TRE estima ter que trabalhar com essa capacidade máxima de atendimento. Para se ter uma ideia, por volta das 10h desta terça, todas as senhas disponíveis para o atendimento durante todo o dia (mais de mil) já haviam sido distribuídas. “Fizemos um planejamento para atender com essa capacidade máxima, mas não podemos ultrapassar esse quantitativo. Seria desumano isso, tanto para o eleitor, quanto para o servidor”, acrescentou Ramalho.

É importante ressaltar que, depois desta quarta, a Justiça “fecha” para a regularização de títulos e só volta em novembro. E quem estiver sem essa regularização, fica proibido de assumir cargo de concurso público, se matricular em universidade federal, não poder contrair empréstimo, tirar ou renovar o passaporte.

SERVIÇO

Os eleitores que ainda não estão em dia com a Justiça Eleitoral têm até o dia 09 de maio de 2018 para regularizar a sua situação. Para isso, o eleitor deve comparecer ao local de atendimento da Justiça Eleitoral, na sua cidade, portando documento de identificação com foto, comprovante de residência atual, título antigo (caso tenha) ou o título digital (e-Título). Para os homens, também é necessário levar o Certificado de Alistamento Militar ou Reservista (somente para quem for fazer o 1º Título).

Importante reforçar que caso um eleitor de outra cidade precise regularizar a sua situação, ele deve procurar o cartório do seu domicílio eleitoral. Em Natal, estão sendo atendidos somente os eleitores com domicílio eleitoral na capital. Os atendimentos em Natal estão concentrados no Fórum Eleitoral, na avenida Rui Barbosa, s/n, Tirol, com funcionamento das 08h às 14h. O TRE-RN reforça que na capital, não estão ocorrendo atendimentos nas Centrais do Cidadão.

Nas cidades do interior do estado, os atendimentos continuam normalmente nos Cartórios Eleitorais, boxes de atendimento das Centrais do Cidadão e nos Postos de atendimento, com horário de funcionamento das 08h às 13h.