CBF pode entrar com representação na Fifa contra erros da arbitragem - Joabson Silva

NOVAS

19/06/2018

CBF pode entrar com representação na Fifa contra erros da arbitragem


A CBF vai se pronunciar nas próximas horas sobre a polêmica arbitragem do mexicano Cesar Ramos e pode até fazer uma representação na Fifa. A revolta é contra a não marcação de falta do meia Zuber no zagueiro Miranda, no lance do gol da Suíça no empate por 1 a 1 com a seleção brasileira, domingo, em Rostov, pelo Grupo E da Copa do Mundo. A indignação também é com a Fifa, que avaliou como boa a atuação de Ramos.

Uma reunião ocorre neste momento na Rússia para definir qual atitude tomar. A princípio, o Brasil iria aceitar normalmente o erro cometido pelo mexicano, como fato que poderia ocorrer em uma partida de futebol. Mas a decisão da Fifa em avalizar o desempenho da arbitragem pode mudar o quadro.

Os brasileiros também reclamaram de um pênalti em Gabriel Jesus, que teria sido puxado por um zagueiro dentro da área, no segundo tempo. Mas o próprio técnico Tite entendeu ser sido este um lance interpretativo.

A cúpula da CBF e mesmo a comissão técnica da seleção sentiram-se desconfortáveis pelo fato de os responsáveis pelo sistema de árbitro de vídeo terem instruído César Ramos a validar o gol de Zuber, por entender que o lance foi legal, apesar de as imagens mostrarem claramente o suíço empurrando o brasileiro. E com o anúncio pela Fifa de que o gol foi legal, passou-se a cogitar uma reclamação formal na Fifa.