Clarão no céu do RN foi provocado por meteoro - Joabson Silva

NOVAS

10/07/2018

Clarão no céu do RN foi provocado por meteoro


clarão no céu, observado por moradores de alguns municípios do Rio Grande do Norte na noite do sábado (7), foi provocado por um meteoro ao entrar na atmosfera terrestre. O fenômeno aparece como uma bola-de-fogo cruzando o céu e a luz é resultado da ionização, explica o astrônomo e doutor em Astrofísica e Técnicas Espaciais, José Dias do Nascimento Junior. Algumas pessoas só enxergaram o clarão, e outras notaram parte da trajetória, de um “objeto” riscando o céu até sumir e clarear como se fosse o disparo do flash de uma câmera fotográfica.

Logo surgiram os relatos e suposições sobre o que poderia ter causado o efeito luminoso observado por pessoas que estavam a quilômetros de distância umas das outras. “Vi o vídeo. É espetacular. É um evento bem comum, porém a maioria das vezes o objeto é bem pequeno e o fenômeno imperceptível. Este aí já deve ter sido um evento da entrada de um corpo maior. É mais raro na sua classe de amplitude”, disse José Dias. Segundo ele, apesar desse meteoro não ter caído no continente — o que permitiria as medições —, é possível inferir o tamanho do corpo físico indiretamente pelo brilho visto no céu.

O meteoro deve ter caído no mar, de acordo com o astrônomo, porque se fosse no continente sempre haveria a possibilidade de alguém notar/ouvir o impacto no chão. O fenômeno foi captado em alguns locais por câmeras de monitoramento de prédios.

Hoje, os estudiosos chamam de meteoróides esses corpos menores que vagam no Sistema Solar. Eles possuem tamanhos variados e são fragmentos de asteróides, cometas — ou até lixo espacial.

Tribuna do Norte