João Maia é alvo de operação da PF que investiga desvios de dinheiro público - Joabson Silva

NOVAS

31/07/2018

João Maia é alvo de operação da PF que investiga desvios de dinheiro público


Deflagrada na manhã desta terça-feira (31) pela Polícia Federal, a Operação Via Trajano cumpre 27 mandados de busca e apreensão por 120 policiais federais em Natal, Parnamirim e em mais seis estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná e Ceará. No RN, um dos alvos de busca e apreensão, foi a residência do ex-deputado federal João Maia, hoje presidente do PR no Rio Grande do Norte.

A ação investiga desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, entre outros delitos, no Rio Grande do Norte, no período entre 2009 e 2010. A ação apura corrupção nos contratos de adequação da BR-101 e as obras de manutenção das rodovias federais do estado.

Por meio de um nota divulgada à imprensa, João Maia disse que está tranquilo, firme em seus propósitos, com fé em Deus e na Justiça.

Via Trajana

A operação, chamada Via Trajana, é um desdobramento de uma ação anterior realizada pela própria Polícia Federal junto ao Ministério Público Federal, denominada Via Ápia, deflagrada em 2010. Durante o processo, surgiram novas provas e ficou evidenciada a ação criminosa de outros envolvidos que não foram conhecidos na época.

Segundo a PF, entre os diversos fatos sob apuração, está o pagamento de vantagem pecuniária indevida, propina, em contratos feitos entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes do estado (DNIT-RN) e construtoras responsáveis pelas obras rodoviárias no estado. A Via Trajana, também conhecida como Via Romana, é a extensão da Via Ápia. Faz-se associação entre as vias romanas e o objeto da investigação.