Santa Cruz atropela ABC no Frasqueirão e volta ao G-4 da Série C - Joabson Silva

NOVAS

02/07/2018

Santa Cruz atropela ABC no Frasqueirão e volta ao G-4 da Série C


Freguesia? Que nada. No quarto encontro entre ABC e Santa Cruz na temporada, o time pernambucano conseguiu a primeira vitória. Com requintes de crueldade: na casa do adversário e por 3 a 0, devolvendo em medida parecida a goleada que sofreu na Copa do Nordeste para os potiguares (4 a 0 naquela ocasião). Pipico, duas vezes, e Jailson foram os autores dos gols corais. O Santa, com o resultado, volta ao G-4 do grupo A da Série C. Já o ABC cai para a sexta posição.

O jogo foi tranquilo quase o tempo todo para o Santa Cruz. O time soube aproveitar a má fase do ABC, atraiu o adversário em seu campo e teve espaço para o contra-golpe. Foi desta forma que o Tricolor marcou dois gols e encaminhou a vitória. Pipico foi o nome dessa etapa. Autor dos dois tentos tricolores, deu tranquilidade para os pernambucanos descerem ao intervalo com boa vantagem no marcador.

As instruções no intervalo não mudaram o panorama do jogo. Antes os intensificaram. O ABC voltou precisando da vitória e, por isso, se lançou ainda mais ao ataque - mas desorganizadamente. Já o Santa manteve a marcação ajustada e seguiu fatal nos contra-ataques. Em mais um lançamento longo, o time matou o jogo. Robinho acionou Jailson, que saiu de frente para Igor e abriu 3 a 0. O placar poderia ter sido ainda maior, já que o Tricolor meteu duas bolas na trave.

Faro de gol

O Santa sofreu o ano inteiro com a posição de centroavante. Vinícius, Robert e Halef Pitbull passaram pelo setor e não convenceram. Diante do ABC, Pipico mostrou que pode ser útil na função. Ele mostrou faro de gol e foi decisivo para a vitória.

Brilhou

Robinho não marcou nenhum dos três gols do Santa no jogo - mas foi um dos melhores do time. Infernizou a defesa do ABC pelo lado do campo e foi decisivo ao dar dois lindos lançamentos para gols de Pipico e Jailson. Jogou muito.

Que fase

O ABC mudou da água para o vinho em pouco mais de um mês. Embalado até junho, o time desandou desde então. Foi eliminado da Copa do Nordeste diante do Sampaio Corrêa e está fora do G-4 do grupo A da Série C, com quatro jogos seguidos sem vencer na competição.