Trairi: São Bento e Tangará não vacinaram mais da metade das crianças de até 1 ano contra Poliomielite - Joabson Silva

NOVAS

03/07/2018

Trairi: São Bento e Tangará não vacinaram mais da metade das crianças de até 1 ano contra Poliomielite


Em alerta publicado nesta terça-feira (3), o Ministério da Saúde informou que 312 municípios brasileiros estão com baixa cobertura para a vacina contra a poliomelite: eles não chegaram a vacinar nem metade das crianças menores de um ano. Destes, 21 são do Rio Grande do Norte, sendo 2 da região Trairi (Tangará e São Bento do Trairi). Os dados são os últimos disponíveis, referente ao ano de 2017.

A recomendação internacional para o controle da doença é de que pelo menos 95% das crianças sejam vacinadas. Atualmente, a média nacional de cobertura é de 77%.

De toda maneira, segundo o Governo Federal, não há casos de paralisia infantil no Brasil. O último registro do vírus selvagem foi feito 1989 em Souza, na Paraíba. A ação, no entanto, tem o objetivo de evitar um possível retorno da doença. Um caso foi registrado na Venezuela em junho e, nos últimos anos, o vírus circulou em mais de 23 países.

A vacina contra a poliomielite está disponível o ano inteiro, em todos os postos de saúde do Brasil. Uma campanha nacional acontecerá em agosto (entre os dias 6 e 31), mas ela só tem o objetivo de aumentar a divulgação, ainda de acordo com o Ministério da Saúde. Todas as crianças com menos de cinco anos devem ser vacinada.

Confira os municípios potiguares com baixa cobertura:

– Monte das Gameleiras
– Olho-d'Água do Borges
– Maxaranguape
– Taipu
– Tangará
– Umarizal
– Pedro Velho
– Nísia Floresta
– Vera Cruz
– São Bento do Trairí
– Bom Jesus
– São Gonçalo do Amarante
– Alto do Rodrigues
– Natal
– Francisco Dantas
– Rio do Fogo
– Caiçara do Norte
– São Miguel
– Paraú
– Upanema
– Canguaretama

Do G1