TRE revisa despesa e corta quase R$ 1 milhão do gasto para eleição - Joabson Silva

NOVAS

02/07/2018

TRE revisa despesa e corta quase R$ 1 milhão do gasto para eleição


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não espera gastar mais R$ 15 milhões nas eleições gerais deste ano no Rio Grande do Norte, e sim pouco mais de R$ 14 milhões. A declaração foi dada nesta sexta-feira, pela diretora-geral do órgão, Andrea Campos, em entrevista ao Cidade Agora, da 94 FM. Segundo ela, essa revisão nos gastos foi possível após diálogo com os chefes de cartórios eleitorais no Estado.

“Para essa eleição, teve um diferencial que foi chamar os chefes de cartórios para dizer o que era importantes e não desperdiçarmos dinheiro público. Com isso, conseguimos reduzir cerca de R$ 900 mil com licitação”, explicou Andrea Campos, ressaltando que, com essa medida, “o custo com a eleição não será mais R$ 15 milhões, e sim R$ 14 milhões, que é bem próximo do valor de 2014, ou seja, de quatro anos atrás”.

No início da semana, considerando todo o orçamento disponível e com a eleição em dois turnos, o TRE previa um custo total de R$ 15,124 milhões. Com isso, é possível dizer que o voto de cada potiguar ficaria em torno dos R$ 6,37, um aumento de cerca de 50 centavos se comparado ao pleito geral de 2014.