Campanha de Robinson ganha corpo no interior do Estado - Joabson Silva

NOVAS

28/08/2018

Campanha de Robinson ganha corpo no interior do Estado


No último fim de semana antes de começar o horário eleitoral de propaganda gratuita no rádio e televisão, os candidatos da coligação Trabalho e Superação aproveitaram para testar a aceitação dos nomes no corpo a corpo com os eleitores. E o resultado não podia ser melhor. Em dez cidades, de diferentes regiões do Rio Grande do Norte, os comícios realizados contaram com uma média de duas mil pessoas, contrariando as previsões de apatia e descrença política por parte do eleitor.

Se na capital o clima ainda é morno, Robinson Faria provou que no interior a coisa é bem diferente e, por lá, sua campanha tem ganhado força. Não apenas pela figura de um governador destacando suas obras, mas também pelo candidato a vice-governador. Tião Couto tem se mostrado um articulador nato e uma liderança forte no Oeste Potiguar, apesar de pouco tempo na política.

Juntos ou em palanques distintos, os dois deram o pontapé da campanha com multidões de eleitores em dez cidades. Começando por Mossoró, na quarta-feira (22). O que seria a inauguração de um comitê eleitoral na cidade, a Casa 55, acabou se tornando uma movimentação popular em prol da coligação, com bandeiras e caravanas vindas de municípios da região de Mossoró. A rua Ferreira Itajubá lotada deu uma breve demonstração do que se espera para o dia 7 de outubro na Capital do Oeste.

A chamada Caravana da Verdade, como foi denominado oficialmente o percurso de Robinson Faria e o vice pelo interior, já começou forte. Em Tenente Ananias, no dia 23, os dois candidatos foram aclamados pelo povo, oriundo desde comunidades mais carentes, como a Vila Mata, até da população de bairros centrais. Povo que se avolumou em frente ao palanque.

Em São Tomé, na região Potengi, não foi diferente e duas mil pessoas abraçaram o governador. Na outra ponta, em Tibau, Tião Couto também arrastou multidões, comprovando que um vice também precisa de ter carisma e força política, o que não falta ao líder principal da coligação no Oeste. A cena se repetiu em Almino Afonso, Grossos e Caraúbas, onde Tião, ao lado de candidatos, como Jorge do Rosário, convenceu o eleitor. Já Robinson mobilizou as populações de Cruzeta, Goianinha, Espírito Santo e finalizando na cidade Passa e Fica, onde a cidade fez festa para recepcionar o candidato-governador.

Natal pode até estar fria com a política, mas, se depender do interior, onde os leitores já estão com os ânimos para lá de aquecidos, a eleição já começou à maneira tradicional e sem o apelo das mídias eletrônicas, um sinal de que quem saber fazer política vai aonde o eleitor está.