Estudante da Santa Cruz representará o RN no Programa Parlamento Jovem Brasileiro - Joabson Silva

NOVAS

15/08/2018

Estudante da Santa Cruz representará o RN no Programa Parlamento Jovem Brasileiro


Entender como os processos políticos e democráticos funcionam é muito importante. No mês de outubro, 78 estudantes da rede pública de ensino de todo o Brasil terão a oportunidade de vivenciar de perto uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. Representando o Rio Grande do Norte, a aluna Saíra Cristina de Souza, de 17 anos, estudante da 3ª série do ensino médio da escola estadual Ferreira de Souza, localizada no município de Santa Cruz, fará parte do Parlamento Jovem Brasileiro (PJB).

O programa é desenvolvido pela Câmara dos Deputados e para participar, os alunos tiveram que desenvolver um projeto de lei que propusesse melhorias para o país. Na edição de 2018, o tema foi “Você escolhe seu representante. Você escolhe ser representante”. Em sua proposta, Saira sugeriu a implementação do Programa de Monitoria na Educação Básica, com o objetivo de garantir a permanência dos estudantes na escola, além de fomentar a iniciação à docência e melhorar o rendimento escolar desses alunos.

“Eu pensei nas áreas que são mais defasadas no país, então escolhi a educação. E dentro da realidade em que vivi, principalmente, nas escolas públicas, muitos alunos deixam a escola por se sentirem desmotivados ou por precisarem trabalhar. Essa foi a base para que eu desenvolvesse o projeto de lei”, contou a estudante.

Antes de participar da jornada parlamentar, que vai acontecer de 1 a 5 de outubro, em Brasília, ainda resta mais uma etapa. “Todos estudantes selecionados foram matriculados num curso preparatório à distância, que vai orientá-los por todo esse processo”, contou Vera Reis, coordenadora estadual do PJB. Para Saira, a ansiedade só aumenta. “Foi algo inesperado. Eu achei que não passaria nem na primeira fase e agora eu vou para Brasília. Ainda estou me perguntando como tudo isso aconteceu. Mas agora as expectativas estão muito boas”, contou.