Liminar suspende temporariamente leilão para contratação de energia - Joabson Silva

NOVAS

31/08/2018

Liminar suspende temporariamente leilão para contratação de energia


Uma liminar judicial suspendeu temporariamente o leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para contratar geração de energia marcado para esta sexta-feira (31), segundo a própria agência.

A Aneel informou que as instituições responsáveis estão buscando reverter a decisão, para tentar realizar o leilão ainda nesta sexta, e que os participantes serão informados sobre o novo horário assim que a questão for definida.

O edital do leilão, aprovado no último dia 31 de julho, prevê a contratação de geração de energia elétrica, eólica e termelétrica, com início do fornecimento para 1º de janeiro de 2024.

O preço máximo fixado para a energia gerada por hidrelétricas é de R$ 290 por MegaWatts-hora (MWh), para as usinas eólicas o preço máximo é de R$ 227/MWh e para as usinas térmicas de R$ 308/MWh. Vence o leilão quem oferecer o maior desconto em cima desse valor.

O leilão permitirá a participação de usinas hidrelétricas e eólicas que já tenham outorga, ou seja, que já tenham participado de outro leilão, desde que elas não tenham entrado em operação comercial até a data de publicação do edital.

Para esses empreendimentos o preço máximo é de R$ 151,68/MWh para usinas hidrelétricas e de R$ 171,82/MWh no caso das usinas eólicas.