Quase todos os políticos do RN eleitos em 2014 querem se reeleger - Joabson Silva

NOVAS

18/08/2018

Quase todos os políticos do RN eleitos em 2014 querem se reeleger


Por Cláudio Oliveira

Quase todos os políticos potiguares eleitos nas eleições de 2014 estão disputando as eleições deste ano na tentativa de se manterem nos cargos ou de ocuparem novos. Apenas o vice-governador Fábio Dantas (PSB) e o deputado federal Felipe Maia (DEM) estão fora da disputa.

Na Assembleia Legislativa, com exceção de Fernando Mineiro (PT) que disputa uma vaga para a Câmara Federal, os outros 23 deputados estaduais buscam a reeleição. Os partidos registraram 305 candidaturas para este cargo neste ano.

Já entre os oito deputados federais, cinco tentam se reeleger: Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD), Rafael Motta (PSB), Rogério Marinho (PSDB) e Walter Alves (MDB). As oito vagas para a Câmara são disputadas nestas eleições por 113 candidatos. Enquanto isso, os deputados federais Zenaide Maia (PHS) e Antônio Jácome (PODE) querem continuar em Brasília, porém, não mais na Câmara e sim no Senado.

Os potiguares terão 15 candidatos para escolher para o Senado neste ano. Dos três senadores eleitos em 2014, somente Garibaldi Filho (MDB) luta pela reeleição, enquanto José Agripino (DEM) está disputando uma das vagas para a Câmara Federal. Já Fátima Bezerra (PT) abraçou a campanha pelo Governo do Estado. Um dos seus opositores é o próprio governador Robinson Faria (PSD) que está em campanha para permanecer no cargo, como a maioria dos que se elegeram há quatro anos no estado. Para o cargo, oito candidatos estão em campanha com seus vices.

Tem ainda parlamentares das Câmara Municipais que deram uma pausa ou estão se dividindo entre o mandato e a campanha. De Natal, 13 dos 29 vereadores estão disputando as eleições, sendo quatro para a Câmara Federal e nove para a Assembleia Legislativa. Destes 13, apenas a vereadora Nina Souza (PDT) pediu afastamento para se dedicar ao pleito. Já o prefeito Carlos Eduardo, eleito em 2016, renunciou a Prefeitura e agora disputa o Governo do Estado.