Campanha contra aftosa no RN imunizou mais de 96% do rebanho na primeira etapa - Joabson Silva

NOVAS

26/09/2018

Campanha contra aftosa no RN imunizou mais de 96% do rebanho na primeira etapa


A campanha de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Norte imunizou 863.402 animais na primeira etapa, atingindo uma cobertura de 96,87%, sendo uma das maiores coberturas do Brasil segundo o balanço final da campanha divulgado hoje (26), pelo Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado (Idiarn).

Os resultados foram bastante significativos para a pecuária do estado, mostrando que a adesão dos produtores para a vacinação continua sendo efetiva. A febre aftosa é uma doença causada por vírus que provoca febre e aftas, principalmente na boca e entre os cascos dos animais, causando enorme perda na produção de leite e carnes.

A primeira etapa da campanha de 2018 contra a aftosa começou em maio e foi prorrogada até junho com a vacinação dos rebanhos em todos os municípios do estado do Rio Grande do Norte.

O Rio Grande do Norte, continua com seu compromisso de manter a febre aftosa erradicada com o uso de vacina, sendo um dos requisitos básicos para os próximos passos, que consiste na retirada da obrigatoriedade da vacinação dos rebanhos.

A segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa começa dia 01 de novembro e segue até 15 de dezembro. De acordo com a equipe do Instituto, esta etapa da vacinação será obrigatória somente para os animais de 0 a 24 meses, no entanto, os demais animais também deverão ser declarados. O produtor cadastrado junto ao Idiarn deverá adquirir sua vacina em uma das lojas autorizadas a comercialização, após isso, vacinar seus animais e declarar o rebanho em um dos nossos escritórios, Emater ou Secretárias Municipais de Agricultura.