Do hospital, Jair Bolsonaro acusa PT de armar fraude eleitoral - Joabson Silva

NOVAS

17/09/2018

Do hospital, Jair Bolsonaro acusa PT de armar fraude eleitoral


Em quase 20 minutos de transmissão, apesar de uma fraqueza aparente, Bolsonaro se mostrou contundente, e fez acusações duras, citando “o presidiário que está em Curitiba”, numa suposta menção ao ex-presidente Lula.

Em suas palavras, o capitão pediu para que os espectadores se colocassem no lugar do “presidiário que etsá em Curitiba”, e completou: “Com toda sua popularidade, sua possível riqueza, seu tráfego junto a ditaduras. Você aceitaria passivamente ir para a cadeia? Se você não tentou fugir, é obviamente porque tem um plano B”.

Bolsonaro finalizou dizendo que não conseguia pensar em outra coisa, senão o plano B se materializar em uma fraude eleitoral.