“É preciso mexer na lei”, reforça Geraldo em Horário Eleitoral - Joabson Silva

NOVAS

03/09/2018

“É preciso mexer na lei”, reforça Geraldo em Horário Eleitoral


O candidato ao Senado da República Geraldo Melo (PSDB) discutiu a política de cobrança de impostos e a relação do Estado com os brasileiros em Programa Eleitoral que esta sendo exibido nesta segunda-feira (03). Na TV, o candidato fala que é necessário debater a cobrança de dívidas executadas pelo Estado aos cidadãos e sustenta mudanças nesta questão.

Para Geraldo é preciso questionar a maneira que os débitos são cobrados pelo Estado aos cidadãos, e fazer mudanças na atual legislação brasileira. “Tá na hora de discutir coisas assim. Por que é que quando um cidadão deve ao Estado brasileiro, ao Governo Federal, Estadual ou Municipal, o Estado brasileiro pode executa-lo, tomar o carro, casa, cama, sapato. Mas quando o Estado brasileiro deve ao cidadão ele não pode fazer nada disso? Nem pode executar nem tomar. Por que será? Porque no Brasil considera-se que o Estado é o soberano, e o povo que o sustenta é o súdito. É por essa e por outras coisas que eu digo: é preciso mexer na lei! Essa é uma das coisas que precisa mudar”, sustenta Geraldo.