Fátima Bezerra diz que governo foi “incapaz de coibir as facções criminosas” e garante que, se eleita, não venderá a Caern - Joabson Silva

NOVAS

10/09/2018

Fátima Bezerra diz que governo foi “incapaz de coibir as facções criminosas” e garante que, se eleita, não venderá a Caern


Em entrevista para a edição dominical da Tribuna do Norte, a senadora Fátima Bezerra (PT), descartou a venda da Caern, caso seja eleita governadora nas eleições do próximo mês de outubro. A petista também teceu críticas ao governo do estado, que na sua opinião foi incapaz de coibir as facções criminosas. “Temos de ter firmeza no enfrentamento dessas facções e desbaratar o crime organizado”, disse, ao responder sobre propostas para a segurança pública.

Ao falar sobre o déficit da Previdência, Fátima Bezerra também se posiciona contrária ao projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa do RN, que aumenta a alíquota de contribuição dos servidores. “Sou contra essa proposta. Primeiro, o governo mandou um ‘pacotaço’ para a Assembleia Legislativa, no qual a conta recaia somente nas costas dos trabalhadores. Isso foi uma falta de sensibilidade, porque o servidor já estava amargando uma situação cruel [com os salários atrasados]”, diz.

Com relação as críticas do governador Robinson Faria de que ela, principalmente, e a bancada federal não ajudaram o Estado a sair da crise fiscal, Fátima Bezerra rebateu: “Essa carapuça não me cabe”.

Leia a entrevista na íntegra, acessando o link aqui